blog de Escritor: Edson Fernando



(interação: Aperte CTRL + ou CTRL - para ajustar o modo de visualização)
Aproveitando as imensas facilidades do mundo on line e, também, aproveitando o imenso conteúdo que tenho de material escrito, resolvi transcrever uns livros on line.
É um projeto longo, acho que vai levar um tempo, mas as semente foram lançadas. E ora, os frutos, os frutos serão os mais variados possíveis, como agregar novos leitores e aumentar a minha visibilidade,além de proporcionar um pouco de diversão e cultura gratuitamente a todos vocês.Espero que gostem!

Boa Leitura, Leitores Amigos.

Esta publicação confirma a minha propriedade do Web site e que este Web
site respeita as políticas do programa e os Termos de utilização do Google
AdSense. partner-pub-0072061571065124

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.






Visualizar perfil de Edson Souza no LinkedIn




Translate

Pesquisar este blog

Seja Bem Vindo, Amigo, Por Muito Tempo Lhe Esperei, agora, Fique à Vontade!

sábado, 11 de julho de 2015

Brasil Trincado


Brasil Trincado
Postagem sobre o Brasil & o latino


Sobre: esta postagem




Poesia: Sem ser o Fundo do Mundo

Tem uma fenda na América Latina,
Um ralo que suga tudo o mais além das sungas.

Não apenas os desrespeitos aos direitos humanos
Não apenas a dor que não cessa e que só piora
Não só o ar que sufoca com hinos do capeta em louvor aos homens,

E os investimentos somem, e as obras não ficam prontas
E as corrupções comem soltas na cabeça das pessoas
E o pessoal do exterior pensa:

“Se roubaram no Brasil, porque deram um voto de confiança,
Novamente, no partido dos corruptos,
Ora, não é por que no Brasil
Todo mundo é corrupto e ladrão?” – Isto é o que pensam de nós.

Contanto que alguém lucre algum dinheiro imundo:
Os banqueiros a retirarem as casas das pessoas;
O governo a retirar mais de 50% de seus bens, em impostos;
As mulheres da vida, a te tirarem o sono e o sossego;
A bebida a lhe tirar a saúde e a clareza das ideias;
O outro, a lhe tirar a paz e o bem estar.

Não precisa assim ser:
Nem todos se voltam para o dinheiro imundo,
Leia os contratos, não os assine se não os puder pagar,
Faça valer a sua substituição tributária, pesquise por incentivos,
outras formas de economias, e de fazer engrenar o mundo.
Associe-se, sê cooperativo, inove-se,
E das mulheres e bebidas, siga seu critério
E saiba que tudo tem uma consequência
A esbórnia é aquilo que mais desgasta a tua alma.


Texto: O que é que o Brasileiro Tem?
O Brasil é um país cheio de graças. Uma costa marítima gigantesca; biomas impressionantes (Amazonas, Pantanal, Mata Atlântica, Cerrado, etc); fauna exuberante (tatus, onças, tamanduás, macacos, cobras, pássaros, etc e etc); minérios e joias; além da força dos ventos; da água potável; das grandes bacias hidrográficas (eu mesmo, neste momento, encontro-me sentado sobre a bacia do aquífero Guarany); isto sem falar das pessoas, dos índios e da História deste país: isto é Brasil.
Todavia, nem só de graças vivem os brasileiros. Nosso país foi, e é, ao longo de demasiado tempo, explorado através de uma mentalidade depredatória, do jeitinho e de obter vantagens nas coisas naturais e ou nas custas dos outros; é uma “filosofia” barata muito empregada no país (e que muitos latinos retrógrados seguem e querem perpetuar, à força da ignorância, claro). Os grileiros do Pará são assim, eles acham que a mata não é de ninguém, não tem dono, não tem registro lavrado em cartório, e por isto desmatam. A mentalidade padrão do brasileiro tende a acreditar que o bem das pessoas deve ser respeitado, os bens naturais e o bem estar em comunidade, nunca devem ser respeitados. Nós aqui, BR folks, alguns de nós, ensinam seus filhos de 10 anos a ir para o pasto pegar (prender) passarinho pra depois vender; quantas nascentes neste país não tem o nome dos sítios e propriedades ao qual nascem – a propriedade da água nunca será tanto de alguém como o é de todo a sociedade, mas, infelizmente, no Brasil, gostam de privatizar (no pior sentido da palavra) a coisa pública ou mesmo os bens naturais.
E assim se perpetua a cultura do descaso, da falta de zelo, as atitudes que só degradam e que são “louváveis”, porque é o que se ensina na instituição do lar.
Muitos criticam as novas famílias homossexuais com filhos adotivos, mas o fato é que não foram os gays que trouxeram o mundo (e o Brasil!) onde ele está, os gays não abandonaram crianças, pelo contrário, querem as adotar; a opressão da família tradicional, o “certo”, o dito errado, a ganância, a exploração torpe, e muito daquilo que se foi feito, ao se invocar, o bem estar da família, mas sim, foi mais responsável por trazer a sociedade onde ela se encontra hoje. Quero dizer é que os hábitos heterossexuais são mais decadentes do que os hábitos homossexuais, e que entenda isto quem puder. Assim este é um dos pontos bons do Brasil: casais gays podem adotar filhos. Mas isso revolta os carolas religiosos, mas ora, algumas religiões também são a causa de muitos males; mesmo que com pensadamente, para isto, elas também sejam a causa de muitas soluções. Todas estas coisas forma trincando o Brasil.
Mas as coisas boas que acontecem no Brasil são: união consensual reconhecida como legal, casamentos homossexuais (inclusive com adoções, mas ainda não são “casamentos”), nova lei de drogas que tende a levar a uma “normalização” de substâncias leves, ações de permitir o acesso e de manter este mesmo acesso, de crianças de 0 a 6 anos em ambiente escolar, política de transferência de rendas, bolsas de estudos, liberdade, ainda que tardia...
Não só de boas notícias vivem os brasileiros, muito pelo contrário. A questão do casamento consensual, mesmo, sofreu modificações severas em razão do CHAMADO ajuste fiscais. Pensões vitalícias passaram a ser cedidas apenas em caráter temporário às jovens viúvas (menores de 44 anos). As desonerações de folha de pagamento, que tinham vindo em boa hora, ao que parece, foram suspensas. Enquanto outros benefícios dos trabalhadores, ao contrário de serem ampliados e melhorados, foram dificultados e diminuídos.
Porém, ainda temos a liberdade que outros países da América latina não têm. Os custos fixos são altíssimos no Brasil, em contraparte. As famílias carregam um quê de uma sina tortuosa (como diz Nietzsche) que as leva a julgarem, segregarem, ensinarem atos sem juízo aos seus filhos sem consciência daquilo que precisam.
Neste sentido, esse blog gostaria de apontar três medidas que poderiam tentar salvar o Brasil do colapso produtivo e sistemático que o país está para enfrentar:
·        Não Obrigatoriedade de Voto e Requisitos para Ser Eleitor: Este ponto, como os demais, é muito polêmico e difícil de ser assimilado às pessoas mais sensíveis e que acreditam na democracia e na voz do povo. Porém, países que sofreram muito com a exploração e o cabresto nos olhos do povo, não podem ser adeptos da democracia totalitária. Muito pelo contrário. Acredito que a solução é a não obrigatoriedade do voto e mais, que só algumas pessoas possam votar. Estas pessoas ainda não foram bem definidas por mim, a cerca de 4 anos penso nessa ideia, mas deveriam ser pessoas estudadas, sem filiação política alguma, com ficha de antecedentes criminais OK, afeiçoado as leis e a vivência em sociedade, etc e etc. Mas deveriam ser pessoas cultas, instruídas e bem orientadas que apenas pudessem votar, isto é, até que comece a se praticar uma cultura homogênea de bem estar social, sustentabilidade e ética.
·        Diminuição da Jornada de trabalho para 6 horas diárias (Telecom 4 hs /dia): Os trabalhadores devem deixar de trabalhar comumente 12 horas no Brasil, como o é agora (e em alguns casos mais do que isto, considerando o percurso de itinerário). Os trabalhadores deveriam trabalhar 6 horas por dia (mais até 33% de horas extras / dia ou 200% horas extra na semana), resultando em 30 ou 36 horas semanais. Com isto, iriam ser necessários mais trabalhadores ou haver a readequação da produção para o novo número de horas, enfim; as leis trabalhistas deveriam seguir outras estruturas e outras possibilidades mais compatíveis com o momento atual e futuro do Globo Terrestre.
·        Justiça deveria ter o direito de regular sobre atitudes dentro das famílias: Este é o ponto mais polêmico destas ideias de Livros do Edson: como assim, alguém regular o que se pensa e fala nas famílias? Com a explosão dos dogmatismos selvagens e transitivos do século XX, as famílias tornaram a serem feudos de pensamentos, lendas, mitos e verdades. Há quem prega estupro para os seus em família, seja este ato deplorável feito em alheios ou próximos, há quem ensine o ódio e a selvageria em ambiente tido como familiar; e isto ainda, serviria para regular possíveis desvios de conduta, inclusive nas famílias de novas estruturas; entre muitos outros pontos. Isto entra ainda na questão do big brother (tele tela, de Orwell) e The Police Of Truth (Depeche Mode).

Quanto mais a gente vive, mas tem a certeza de que o futuro se parece com um seriado cyber punk, e que assim vai ficando cada vez mais. Ou você encara e vive o cyber punk, ou você entra num mundo cyber punk gótico, ou simplesmente, você não pertence a mundo algum.  E assim acredita-se que pode haver uma solução para os atuais problemas, mas estas soluções devem ser estruturais, de causar impacto (e de alterar para todo o sempre as estruturas das sociedades como as conhecíamos) mesmo. A própria crise da Grécia, do Brasil, da China, da Rússia e do mundo ocidental e dos valores padrões tidos e conhecidos como família tradicional, honra, “esperteza” e etc, não cabem mais, naquilo que está para ser cada dia mais o mundo.
A crise da Grécia eu não vou me intrometer porque devemos todos uma grande soma em dinheiro, artes e bens ao povo grego, pela sua contribuição ao mundo como ele é hoje. Os chineses, bem, tem uma postagem sobre economia neste blog que foi falado um pouco sobre o Brasil e a China, agora, o Governo quer investidores internacionais no Brasil: os Chineses para construírem a ferrovia transatlântica, os americanos para investirem em estradas, portos e aeroportos, os italianos para também investirem, tal como os russos, e por que não, portugueses?? Ora, porque não. O investidor internacional está desconfiado dos recentes escândalos de corrupção e roubo mesmo nas empresas estatais, e os investidores internacionais não são como nós (a copa do mundo é nossa); eles, os investidores, não esquecem fácil, as coisas pela qual nós passamos, simplesmente porque foi o maior escândalo de corrupção do mundo (superamos os italianos, com a máfia e tudo), depois teve também a goleada da Alemanha na copa 2014, a reeleição de Dilma, o investidor analisa todas estas coisas e não põe o seu dinheiro aqui. Ainda mais que soou estranho, não acham?
O investidor desejava investir na Petrobrás, perde bilhões com os roubos, desvios, etc; daí vem o Governo, com suas recentes viagens internacionais, e se oferece portos, ferrovias, estradas, e o que mais? Para a concessão público-privada ou para o investimento privado mesmo; mas os investidores podem pensar, poxa a vida, roubaram nosso dinheiro internacional na Petrobras e agora querem fazer o mesmo nas novas concessões e programas de investimentos em infraestrutura?
Mas o pior de tudo, o pior mesmo, é que tudo isto é apenas tudo aquilo que eles têm para fazer. Quando não as encerram.

VOCABULÁRIO LIVRE:
Feudos: Pequenos núcleos do poder baseados na questão territorial.
Pensamentos: Um pensamento é algo que está entre o espírito e a matéria. Como espírito, ele vale-se da questão da efemeridade (atemporal), e como matéria ele se vale da existência tátil (temporal). O pensamento não é nem espírito nem matéria, ele serve aos dois, mas é dono de si mesmo; dizem que o pensamento tem mais força (revela-se) na sua face espiritual, enquanto que o pensamento na matéria é confuso e cheio de armadilhas.
Lendas: São as histórias carregadas com significados especiais.
Mitos: são as Histórias tornadas carne.
Verdades: Há verdades e verdades. Mas a Verdade é uma só.
Cyber Punk: É o rigor da tecnologia. É à força do cibernético, do tecnológico, do online, do powerfull system, etc. Tudo aquilo que remete a alta tecnologia aliada a vida humana, com uma certa violência e um desrespeito as pessoas e a vida, principalmente a vida natural, harmoniosa.
Cyber Punk Gótico: Quase como o acima, porém carregando certa tristeza, ou desânimo na vida. O ser ainda se rendeu a cyber tecnologia, ou simplesmente, tecnologia, aceita os meios online, as funcionalidades novas da vida, os novos objetos, etc, mas algo não os deixar ser inteiramente felizes ou explosivos como os cybers punks.


Arte do Post: Postais Autorais


Aqui, uma Postal de divulgação de meus três perfis no Facebook:
Edson Fernando Souza;
Livros do Edson; e
Ed Son Nando



Cartão de Visita do autor do blog (versão online).



Quadro 1: diz para não se deixar levar pela opressão que as pessoas inteligentes sofrem, ao contrário, diz que devemos exercitar a frase “o que entra pela esquerda, sai pela direita”.


Como Funciona este Blog: As Atualizações, As Páginas e os Widgets
Este blog foi visto por mais de 10300 pessoas ao redor de todo, quase, o globo: as maiores visualização são do Brasil, dos USA, da Rússia, da China e da França; mas países como Índia, Paquistão, Reino Árabe, Portugal, Itália, Canada, Venezuela, Argentina e Austrália já acessara meu (nosso, why not?) blog.
Mas o que vem a serem os livros do Edson? Primeiro de tudo, é  um só, é o Livro (o conteúdo, a postagem) dos Livros do Edson (o site). Assim, juntos, são os livros do Edson. Cada postagem é um livro? Não, Livros do Edson não quer dizer que cada post destes é um livro, nem uma revista, nem periódico segundo um ou outro critério. Livros do Edson é um blog LIVRE. É a evolução do blog do wordpress (ao qual faz tempo que não acesso) Liberdade Autoral, um projeto do curso técnico de Web Designer, meu e de mais três pessoas, e como sai do curso, achei que deveria deixar o blog, a página sem movimentação alguma, por isto veio o Livros do Edson: onde cada conteúdo é aquilo a que se preza, e coletivamente, é um blog.
Liberdade Autoral falava da questão dos S.O.s (Sistemas Operacionais) livres (como o Android, o Linux, etc) VS software pagos, como o Microsoft Windows, o iPhone e seu iOS, etc. Hoje eu sei que esta questão é mais complexa, com variáveis como TOTVs VS SAP, programas demonstrativos, sistemas inteiramente online, e-Social, etc e etc. o próprio LinkedIn, rede profissional que aprecio muito, tem versões pagas e versões gratuitas, com menos funcionalidades, claro.
Assim, Livros do Edson é o blog meu, que fui um dos autores do blog Liberdade Autoral.
Estou escrevendo este post off-line, mas posso dizer que cada Livro / Página deste blog é (Livros / Páginas conto superior esquerdo do blog):
·        Matão In Controller: página do blog dedicada à parte dos meus esboços das pesquisas de controladoria e finanças, já orientadas as pequenas e médias empresas, mas sem se preocupar muito com as questões fiscais, (exceto, a contabilização destes valores como despesas operacionais...).
·        Nova poética & Prosas e Poesias: Página dedicada aos poemas meus, eram três páginas, uma ocorreu erro e fiz uma segunda, que também apresentava muitos erros de formatação e acabei por criar uma terceira, atualmente, este blog tem duas páginas de poesia junto dele.
·        O conto do Noctâmbulo: Um personagem com muitos destinos, este é Luis. Ele morre, morre novamente e continua a trilhar o caminho que leva a sua morte. Será um obsessor? Mas tem ainda um primeiro Luis, do conto da Casa de Macumba... Luis é síntese do marginalismo decadente das drogas, do álcool, da venda do corpo, etc; ele tem companheiros, como O introspectivo, Joana e o Menino-Lobo. Mas Luis é o mais decadente e bizarro, sem dúvida alguma.
·        A Urna Cúbica de Platina 1 e 2 (e 3, talvez): Crônica Completa de Mago a Ascensão 2ª Edição, em duas páginas deste blog (e talvez uma 3 e 4). Jogo de RPG para jogadores iniciantes ou experts.
·        Vale mais Reinar no Inferno do que Servir no Céu: Crônica literária escrita totalmente na web, não tenho os esboços originais, está tudo no site, tudo o que tenho até este momento. A trama também, ainda não está completamente desenvolvida e eu mesmo estou tendo que refletir para seguir a história... Tem um pouco a ver com a saga de Stephano...
·        Os Excluídos Renegados: Diz de Stephano, um anjo que se tornou demônio e que agora foi exilado na Terra.
·        The Other and the Another: um mix de blog e propaganda com conteúdos da internet, geralmente criados por mim, ou que me tocam profundamente.
·        Outros links: há ainda links aos meus perfis do Currículo Lattes, Linkedin, etc.

As Atualizações, no Espaço das Postagens é um pouco mais do que isto:
·        Postagens: São conteúdos que posto. Algumas postagens se destacam, vejamos cinco: Hi Teco Tech, Tratativas Contábeis, Autocthonia, Conheça o RPG e Ass Nus. Hi Teco Tech era um caderno de poesia que escrevo que mistura poemas, rap e som eletrônico, que transformei em um post. Tratativas Contábeis é uma postagem dedicada à contabilidade, a ao tratamento que deveria ser dado as funções do contador. Authoctonia e Conheça o RPG são postagens dedicadas ao RPG, sendo que Authoctonia é do universo da Tecnocracia e o outro post se relaciona com estes jogos como um todo. Já a postagem Ass Nus, uma das mais recentes, diz sobre a questão do nosso comportamento atual, muito individualista, frio e superficial, postagens inspirada em Century of Fakers do Belle & Sebastian. As postagens podem falar tanto de música, contabilidade, de temas de interesse da sociedade, de cultura, de literatura, de DJ, enfim, de tudo aquilo que gostamos.

Os Widgets, “caixas” e partes independentes e correlacionadas ao site, que ficam: acima, ao lado esquerdo, e abaixo; estas partes têm outras funcionalidades:
Servem para acessar as páginas e os arquivos das postagens deste blog; fazem link com meus outros perfis na web; são informativas; permitem seguir este blog, seguir por e-mail, e postar comentário (sempre em baixo da postagem ou da página), entre outras funções.
Fique a vontade para nos seguir por e-mail, seguir este blog, compartilhar este endereço em suas redes sociais e profissionais, comentar neste blog (aqui mesmo no Blogger ou no Google+) ou entrar em contato por redes sociais ou mensagem. Obrigado por me ouvir no soundcloud, reverbnation e promodj. Thank you.


Quem é: Autor do Blog
Todos esses sou eu: @novalluz, Livros do Edson, Edsonnando, Edson Fernando de Souza, Ed Son Nando e edsonnandodesouza. Todos estes são meus perfis na web.
Eu escrevo desde 1995, no começo datilografava. Em 2010 comecei a escrever mais em computadores, tabletes, etc. Eu reviso e formato TCCs. Sou bacharel em Ciências Contábeis pela faculdade Estácio / Uniseb. Tenho inglês certificado MyElt (Capes, National Geographic) de Nível 4 (correspondente ao Ensino Médio em Português, no Brasil). Iniciei cursos de Web designer e Mecânica (Nível Técnico), mas não os concluí.
Atuei no setor público, na iniciativa privada (em pequenas empresas), desenvolvi projetos de pesquisas, além de demais atividades extras curriculares.
Gosto de mixagens, de leitura, de artes e de jogos de RPG. Fui jogador de Vôlei, posição “Rede”.

Considerações Finais:

Claro que este blog torce a favor do Brasil e da América Latina. Apenas não podemos ignorar o fato de que avanço no Brasil significou corrupção e dar poder de compra, ou oportunidade de emprego a quem mais pretendia causar distúrbios e problemas com suas atividades. Mas se você refutar pessoas assim vão lhe dizer que você tem inveja da fortuna e da sorte que ela tem. Pessoas como as que leem este blog e que se preocupam com um bem estar social, aliado a muita arte e cultura e técnicas precisas, tendem a se revoltarem e se enfurecerem com o que acontece nas ruas, nas cidades e nos porões de Brasília. Mas o que quero dizer que obras como o PAC, estas grandes licitações e concessões, etc; ao que indica a história recente, serve apenas para dar emprego a uma mão de obra com pouca qualificação (maioria), e os cargos de qualificação (minoria estratégica) geralmente eram ocupados por simpatizantes do Governo e ou seus Aliados. Mas nisto, a gestão, a gerência e o bom rigor se perdem, por causa de aliados, de aliados, de parcerias e de investimentos questionáveis.
Mas não devemos nos esmorecer e nem sequer questionar, irão dizer que estamos é com recalque. Que queríamos os seus cargos; queríamos que tudo funcionasse direito isso sim, e que a carga tributária não servisse apenas para inchar cada vez mais uma máquina pública falida, quebrada e com problemas incorrigíveis de transmissão de força e movimento. Se fosse uma máquina mesmo, já estaria depreciada e totalmente deteriorada; mas é uma nação, e temos que fazer o possível para não deixar o Brasil parar ou se trincar mais ainda.
Vai nos dizer que não foi planejado deixar o Brasil como está, com estes cybers punks reinando em seus feudos contanto contratados de alguma empreiteira e revoltando-se e voltando para sua terra, quando a empresa teve seu contrato rescendido?
É importante não desanimar e não deixar que tudo o que já foi conquistado se perca, há muitos interesses em jogos, mas vamos apenas focar nossa mente nos ensinamentos do grande mestre Jesus, que se nos pautarmos nestas valiosas lições, sem dogmas e sem preconceitos, deste modo sim, conseguiremos avançar de modo mais do que satisfatório e (por  que não?), sustentável, humano e digno. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado por comentar, seu comentário será publicado sem passar por moderação.