blog de Escritor: Edson Fernando



(interação: Aperte CTRL + ou CTRL - para ajustar o modo de visualização)
Aproveitando as imensas facilidades do mundo on line e, também, aproveitando o imenso conteúdo que tenho de material escrito, resolvi transcrever uns livros on line.
É um projeto longo, acho que vai levar um tempo, mas as semente foram lançadas. E ora, os frutos, os frutos serão os mais variados possíveis, como agregar novos leitores e aumentar a minha visibilidade,além de proporcionar um pouco de diversão e cultura gratuitamente a todos vocês.Espero que gostem!

Boa Leitura, Leitores Amigos.

Esta publicação confirma a minha propriedade do Web site e que este Web
site respeita as políticas do programa e os Termos de utilização do Google
AdSense. partner-pub-0072061571065124

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 Unported License.






Visualizar perfil de Edson Souza no LinkedIn




Translate

Pesquisar este blog

Seja Bem Vindo, Amigo, Por Muito Tempo Lhe Esperei, agora, Fique à Vontade!

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Braçal Animal




Post 97

do Blog autoral Livros do Edson, intitulada






BRAÇAL: Animal!





EDITORIAL: Poético →   L e R (Versão After Hours)

Eu não tenho nenhum irmão de sangue, conhecido,
e por isto mesmo, eu me preocupo igualmente,
pelo bem estar de todos os meus semelhantes, meus irmãos.


Não queridos, eu não desprezo ninguém,
nem aqueles que me provocam, eu apenas,
guardo em lugar menos importante,
quem não se importa com o que digo,
enquanto dou uma atenção muito especial,
a todo aquele que se interessar em
conversar, trocar ideias e experiências, dizer de si e das coisas,
sinceramente, seja em fala simples, de cinco minutos
ou em longos passeios de horas e horas.


Os meus irmãos estão morrendo,
jovens, negros, pais de família, estão deixando filhos órfãos
mulheres viúvas e queixosas, deixando o mundo, e por quê?


Há muita droga no mundo,
mas nem tenho muitos irmãos que morreram de overdose,
eu tenho mais, muito mais,
irmãos que morreram nos presídios, nas quebradas,
nos acertos de conta do crime, da raiva
do momento e da falta de droga, por fim,
eu vi o pensamento elevado ir embora graças
à ação destrutiva da fumaça do crack,
ao mesmo tempo e que a mente mais baixa
não se interessa por mais nada senão droga!


Isto é algo que os mata: a droga, e como a sociedade
e o governo lidam com este consumo.
Tem muito pouco emprego no mundo: muitos trabalham de mais,
mais de 12 horas por dia, sem respaldo legal, sem respeito e
enquanto isto, outros estão parados, sem nada pra fazer, e vão fazer o quê?


O mesmo que fazem aqueles que conseguiram entrar NA FIRMA
e agora recebem $ 2.400 por quinzena de trabalho
 [mas não há emprego para todos].


E tanto quem trabalha, para esquecer as buchas e fumadas do dia,
tanto quanto quem não trabalha, para esquecer um pouco os problemas,
ambos bebem, tomam mesmo:
cerveja, conhaque, pinga, catuaba.
Conclusão: ensandecimento e alienação social,
ou falsidade, ou algo pior ainda - o alcoolismo!


E o que acontece? Manda para a clínica,
afasta, dá licença, faz tudo
para excluí-lo do meio em que vive,
porque a sociedade não tolera quem bebe demais.
Muitos irmãos morrem, pela pressão profissional
e pela respectiva válvula de escape social:
a bebida e a mesa farta [até mesmo o "pozinho" de leve,
de vez em quando - pensam]
até que se adoece, se desencarna
ou se engrossa as fileiras dos outros manos de que falávamos.


Enquanto isto, finalmente chove em Matão
- cadê, acabou a minha interlocução fria!!!


Tem muito irmão morrendo,
seja na guerrilha dos fanáticos e psicopatas,
seja nos Governos e seus Poderes Militares,
esta é a 3° Guerra Mundial:
guerras não generalizadas, mas contínuas e psicológicas.
O Oriente Médio Vs o Ocidente Capitalista,
os cristãos, contra os muçulmanos ou islâmicos,
os radicais e suas barbáries contra o mundo civilizado,
os cultos contra os in-instruídos.


Tudo isto está matando meus irmãos,
estão os fazendo partir para ir atrás de suas Missões
enquanto isto: a morte os ceifa, deixam a família,
deixam amigos, sonhos e toda uma vida pela frente,
Estão matando os nossos irmãos,
sejam brancos, pardos, indígenas,
de outra orientação ou gosto sexual,
sejam os mais frágeis, tal como o mais forte,
não há mais respeito pelas novas gerações.


Meus irmãos, sei que os verei novamente, um dia,
mas sei que há muita precipitação nessas suas passagens
e pouco cuidado em preservar a vida de todo o planeta,
incluindo a nossa, também, naturalmente.


Mas saibam que poucas são as suas culpa
naquele destino, porque desde meninos,
aprendemos o que vai ser a nossa sina, a nossa missão ou nossa profissão,
E quando despertamos para os nossos sonhos,
Já estávamos dentro de uma vida,
talvez não deu tempo de viver,
espero que tenha dado tempo de aprender,
que neste mundo, estão tratando a gente como energia de produzir,
para que o consumir seja mais tranquilo.


Querem a nossa saúde e nossa vitalidade,
quando tiram tudo de nós, nós, os exauridos
querem mesmo que morramos, quando
sem disposição na atuação
que nos deram neste mundão;
sem utilidade,
sem chance de servir a nação,
sem possibilidade alguma de adquirir um cartão...
 
E por muitos e muitos motivos,
Quando querem que morra,
Um dos nossos irmãos, o desprezo,
as situações e o próprio Sistema,
fazem ele morrer, mesmo...
mas muitas vezes, a vida que ele tinha, sempre segue.





Há um preço alto a ser pago, em tudo.

OBRIGADO, WEB :)


     Desde o começo dos Tempos, no Primórdio da Existência, à partir do momento em que se faz uma opção, há, consequentemente, uma reação, uma outra atitude. Quando o Mais Alto criou a Verbo, diz-se que o Verbo se tornou a luz dos homens. Porém, mesmo hoje, em 2014, há quem pague, para ouvir os outros, lendo a bíblia. A luz dos homens, é também a treva da raça humana, a palavra que traz entendimento, é a mesma que prolifera a maldade; pois, se a língua pode reparar vários males da alma, com a sincera e precisa dedicação ao muito ouvir e somente falar o estritamente necessário; a mesma língua, pode ferir e causar terríveis guerras.

    Quando Adão optou por tomar para si o fruto proibido, ele optou para que a raça humana tivesse que viver com as vicissitudes da existência, e disto se diz que, nó humanos, optamos por vir viver na Terra para reparar nossas falhas e reconstruir o mundo, entre muitos outros empenhos nossos, além de que, quando Adão resolver não seguir às ordens de Deus e provar do que não deveria provar, quando se perdeu a inocência, ou veio a civilização, nós não estaríamos mais sobre o eterno torpor do paraíso original, porque Adão quis ousar saber... O que era o fruto proibido? O Conhecimento da malícia, o conhecimento científico, os prazeres e luxúrias da carnes, o quê? O Obsceno? O Proibido? O quê?

    São as opções, optar por seguir cegamente, ou não, as ordens do Mais Alto.

    Quando, optei, recentemente, por "criar" ou externar algo que já estava (ou esteve) dentro de mim, quando optei por criar duas novas tracks e fazer um novo edit para Roar, da versão da banda Move Over, uma vez que adoro este som cover, ou melhor, interpretação, porque considero os vocais bem diferentes, enfim, para não por só esta track na web, por causa da questão de plágio e direitos, por fim, tive a ideia de criar algo novo para postar junto; e, quando optei por, ao criar as tracks, usar amostras de som feitas por mim mesmo, eu fiz uma escolha, não usar samples de outros sons (e assim, tornar os meus novos sons o mais underground possível no momento), ou seja, não disponibilizar um som com nenhum, ou quase nenhum, parâmetro de som ou estilo mainstream para ser comparado ou melhor assimilado - dar a cara a tapa; estou experimentando fazer, criar do zero, som com o audacity e gostaria muito de saber o que acham: por mim, eu crio tudo, principalmente em Make Fun of (zz) Hum e, a nova, nem sei se conseguirei uploadá-la - fazer upload - até esta postagem ir pra web, a Utilized Up Capotykler, crio cada som, cada parte da música, com plucks, drums, noises, filters, waps, phases, equalizações, efeitos, etc e etc. . .

    Cada opção, tem uma reação, e geralmente, vivemos hoje, reações que  causamos quando optamos, lá atrás - a isto, a ciência moderna chama de Planejamento. E neste ponto, sou um pretenso controlador, que tem sua vida descontrolada, e que faz sons e arte (assim considero), coma a poesia, os textos, e as imagens, etc, apenas para distrair-me enquanto dou uma pausa nos estudos, e já que o melhor que faço é dedicar-me às Letras e Artes, uma vez que, socialmente e em termos de trabalho, não estou lá, com muita sorte ou solicitações...

    Ainda bem que tem quem me visualiza aqui neste blog, e que ouve meus sons, e me segue no twitter... obrigado WEB. Obrigado, meus amigos da web ou não, valeu. :)







Arte do Post - Som e Imagem



























Muito Obrigado, por sempre me acompanhar e por nos ajudar e também, por contar comigo, espero sinceramente, um dia, poder retribuir, eu, mais, em tudo; e, de fato, espero poder ajudar, e já estar ajudando, no que me cabe, no momento, fazer. Muito Obrigado, mais uma vez.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

obrigado por comentar, seu comentário será publicado sem passar por moderação.